Flávio Carneiro
Release
Obra
ReleaseTrecho
HISTÓRIAS AO REDOR

Vitória
Cousa, 2020. 162 p.
Um Romance Perigoso



Em Histórias ao redor, Flávio Carneiro retorna às crônicas depois do delicioso e aclamado Passe de letra: futebol e literatura, lançado em 2009. Autor também de romances (adultos e infantis), ensaios críticos, professor universitário e pai de duas meninas, o premiado escritor reúne no espaço deste livro essas vivências, a princípio tão diferentes entre si, mas que se movem em torno de um elemento em comum: a palavra. 

A memória é o fio condutor dessas Histórias ao redor. As lembranças da infância do autor, e de seus primeiros passos no mundo dos livros e da escrita, se misturam às lembranças mais recentes das suas filhas pequenas, o olhar do homem para o menino que foi e para as filhas em seus primeiros contatos com a linguagem. Aprender a falar, a ler, a expressar sentidos, elaborar significados, decodificar o mundo – o autor nos lembra de forma leve e ao mesmo tempo profunda – não é tão simples assim.

Memórias da vida literária também estão presentes. Encontros com outros escritores, com leitores, no Brasil e em diversos países mundo afora. Trechos inusitados de histórias e conversas que só poderiam acontecer entre escritores, sempre retratados por Flávio Carneiro com humor e afeto.

E isso sem esquecer os encontros com as dificuldades que envolvem o acesso à leitura em nosso país. O caminho tortuoso e ao mesmo tempo enriquecedor do escritor brasileiro, em contato direto com a relevância da palavra e da linguagem, e, ao mesmo tempo, com a necessidade constante de reafirmá-la, diante do pouco incentivo à leitura e à educação no Brasil.

O autor também revela parte do processo criativo de alguns dos seus romances – A Confissão, O campeonato, A Ilha, Lalande –, dando pistas de que a busca da leveza e da profundidade, e o cruzamento de ambas no mesmo espaço literário, é uma característica constante e fundamental da sua escrita.

Impressiona a qualidade de Flávio Carneiro nos mais diversos gêneros, a desenvoltura com temas e estilos diferenciados, mantendo, em todos, a autenticidade e a consistência da sua voz pessoal, que muitas vezes nos lembra – como aqui – os antigos narradores, reunindo ao redor de si, em torno de uma fogueira, todo aquele que gostasse de ouvir uma boa história.

Em meio a essa diversidade, fica claro na obra do autor que o conceito de leitura vai além da palavra escrita. “A leitura do mundo precede a leitura da palavra”. A visão freiriana percorre as páginas deste belo livro, no qual o conhecimento e a apropriação das palavras e da linguagem é também uma descoberta e o assentamento de um lugar no mundo.

  
 

Texto de Claudia Lage, publicado na orelha do livro.













Outras Publicações









Voltar