Flávio Carneiro
Release
Obra
ReleaseTrecho
Prezado Ronaldo

São Paulo
SM, 2006.127 p.

Artur - ou melhor, Pingüim, como é chamado pelos amigos - tem doze anos, joga de centroavante no infantil do São Cristóvão e é fã do Ronaldo Fenômeno.
Prezado Ronaldo
Pingüim vive didivido entre dois sonhos: ser escritor e ser jogador de futebol. É para conversar sobre esses sonhos e sobre o seu dia-a-dia que ele escreve uma série de cartas para seu ídolo. Nela, o garoto conta suas aventuras e desventuras no time do São Cristóvão e fala de sua amizade com o seu Almeida (um velho escritor, seu vizinho na vila onde moram, no Rio de Janeiro) e com o Parede, zagueiro do time. E conta também da origem do seu apelido, do seu primeiro jogo no Maracanã, numa eletrizante partida contra os infantis do Corintians, da primeira namorada e de outras coisas que vão compondo o mosaico de suas sensações.
Numa narrativa leve e bem humorada, temperada de poesia, Flávio Carneiro tece o perfil de um menino que ainda acredita em sonhos. As relações entre futebol e literatura vão se desenhando aos poucos no livro, de forma sutil, através das dúvidas, dos anseios, das alegrias vividas pelo pequeno Pingüim.
E se não há nenhuma resposta de Ronaldo às cartas de Pingüim, isso não quer dizer que o menino vai deixar de escrever. Escrever cartas, como lhe ensinou o seu Almeida, é uma forma de treinar para ser escritor (assim como ele treina para ser jogador, no São Cristóvão) e é isso o que importa, esse exercício do imaginário, que o leva a uma viagem por mundos que talvez, quem sabe, também sejam os do leitor do livro.
Onde Encontrar


Livraria Cultura
Livraria Saraiva
Submarino


Outras Publicações







Voltar